Notícias

Comunicado de Imprensa / Jul 06, 2016

Hovione lança programa 9ºW cinco milhões de euros em 3 anos em parcerias com universidades

Hovione investe cinco milhões de euros em parcerias com universidades e centros de investigação portugueses em projectos concretos de inovação na empresa. O anúncio do Programa 9ºW foi comunciado por Guy Villax no Encontro Ciência 2016

Lisboa, 6 de Julho de 2016. A Hovione anuncia hoje o Programa 9oW, que tem por objectivo promover a inovação realizada em parceria com a universidade. Esta iniciativa é dirigida a universidades e centros de investigação portugueses. As instituições escolhidas irão dirigir e coordenar a pesquisa e o desenvolvimento de produtos ou tecnologias disruptivas na indústria farmacêutica. Os programas têm a duração de três anos e são multidisciplinares, pelo que poderão envolver mais do que uma instituição para completar as valências necessárias para o seu sucesso.

O programa 9oW será aberto a 28 de Setembro, tem a duração de três anos (2016-2019), conta com um orçamento de cinco milhões de euros e visa resolver desafios importantes e concretos que a empresa enfrenta. Os investigadores académicos vão trabalhar em estreita colaboração com os cientistas, engenheiros e promotores da Hovione, nos centros de investigação da Empresa em Portugal e nos Estados Unidos.

«A Hovione tem uma dívida grande para com o ensino superior português, pois o nosso sucesso está directamente ligado à qualidade do produto desse ensino universitário e às bolsas de doutoramento da FCT. É importante que as nossas escolas de engenharia mantenham os seus padrões de exigência e é vital que os jovens descubram novos mundos e ganhem competências. O 9oW é a Hovione a retribuir.», diz Guy Villax, Administrador-Delegado da Hovione.

9oW é a longitude de Lisboa. O programa da Hovione segue a ideia do Longitude Prize. A aferição da longitude foi provavelmente a única grande inovação em navegação de alto-mar de que Portugal não foi autor.

 

Sobre a Hovione
A Hovione investiga e desenvolve novos processos químicos e produz princípios activos para a indústria farmacêutica mundial. Emprega mundialmente 1400 pessoas, das quais 750 em Portugal. A Hovione é o maior empregador privado de doutorados em Portugal (44) e  tem presentemente sete programas de doutoramento na empresa. É em Portugal que leva a cabo as suas actividades de investigação e desenvolvimento, nas quais emprega 220 técnicos e cientistas.

Também em Notícias

See All

Lisboa, 21 de Maio, 2024 – A Hovione é novamente a melhor no sector da Saúde e a quarta classificada no geral entre as melhores empresas para trabalhar em Portugal, de acordo com o Employer Brand Research da Randstad. O estudo, publicado ontem, identifica os 20 melhores empregadores do país. Esta é a nona edição anual do estudo da Ranstad, que tem por base uma amostra representativa da população ativa portuguesa. Os inquiridos avaliam as empresas de acordo com uma série de critérios, que incluem salário e benefícios, segurança no emprego, ambiente de trabalho e oportunidades de progressão na carreira. A definição de marca empregadora pode ter um impacto significativo na capacidade de uma organização para atrair e reter os melhores talentos e, por isso, é cada vez mais uma parte importante da estratégia das empresa para enfrentar o desafio da escassez de talento. Ilda Ventura, VP de Recursos Humanos da Hovione, explica que: "A nossa estratégia global de RH baseia-se na necessidade de atrair, reter e capacitar os elementos talentosos das nossas equipas. Assim, o nosso Employer Branding tem de refletir quem somos, de forma a que atraiamos novos talentos, mas, também, permitamos que os actuais membros da equipa prosperem. É também imporante aproveitar o impacto positivo que a Hovione tem no mundo e a forma como o nosso trabalho inovador assenta no conhecimento e na resolução de problemas por membros das nossas equipas. Continuamos a trabalhar para aperfeiçoar e melhorar o trabalho no nosso Employer Branding, que é um importante reflexo dos nossos valores e da nossa crença na melhoria contínua." Este é o terceiro ano consecutivo em que a Hovione é classificada como a empresa mais atractiva para trabalhar no sector da Saúde e uma das cinco primeiras no geral. Este reconhecimento surge depois de a Hovione ter sido reconhecida como Top Employer em todas as suas quatro unidades globais em janeiro de 2024, tornando-se a primeira empresa a consegui-lo em Macau.    

Notícias

Hovione confirma presença no ranking dos melhores empregadores em Portugal

May 21, 2024

Estudo global da consultora de recrutamento Randstad analisa as perceções dos profissionais relativamente ao mercado de trabalho português aos 150 maiores empregadores nacionais. Saúde, turismo, desporto e entretenimento são os sectores que mais atraem os portugueses para trabalhar. Tecnologias surgem em quinto lugar. O que torna um empregador atrativo? Para os trabalhadores em Portugal é a garantia de que pratica uma política salarial e de benefícios justa e adequada ao contexto económico, práticas de conciliação pessoal e profissional bem definidas, bom ambiente de trabalho, programas claros de progressão e segurança laboral. É o que conclui a edição 2023 do Randstad Employer Brand Research, o estudo global anual realizado pela consultora de recrutamento para avaliar a perceção dos profissionais face ao mercado de trabalho e identificar os empregadores e sectores mais atrativos em cada país. Na edição deste ano, divulgada esta sexta-feira, a Microsoft regressa ao topo das preferências dos trabalhadores, logo seguida pela Delta Cafés e pela Hovione. Mas a análise mostra também que os empregadores nacionais estão a ter um desempenho inferior em relação a alguns dos aspetos que os trabalhadores consideram determinantes. (...) Saúde é o sector mais atrativo para os trabalhadores portugueses Além da Microsoft, Delta Cafés e Hovione, que ocupam as três primeiras posições do ranking dos empregadores mais atrativos em 2023, a lista integra ainda nas dez primeiras posições a Bosch, a OGMA, a Siemens, a CUF, a Nestlé, a Volkswagen Group Services e a Ikea Portugal. No atual contexto, nota Raul Neto, presidente executivo da Randstad Portugal, este reconhecimento das empresas “é ainda mais relevante, na medida em que lhes confere capacidade para atrair e reter os melhores talentos e contribui para se diferenciarem no mercado”.   Leia o artigo completo em SicNoticias.pt  

Artigo de Imprensa

Microsoft, Delta e Hovione são as empresas mais atrativas para trabalhar em Portugal: eis o que os trabalhadores esperam delas

May 19, 2024